sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Alterando o "grub" para solucionar problemas de ACPI em computadores HP

1 - "Alt" + "F2" => konsole <enter>

2 - Digite "su" <enter> + senha do root <enter>

3 - Digite cd /boot/grub <enter>
vi menu.lst <enter> => aparecerá a seguinte tela:

# Modified by YaST2. Last modification on Qua Ago 13 13:43:08 UTC 2008
default 0
timeout 8
gfxmenu (hd0,1)/boot/message
##YaST - activate

###Don't change this comment - YaST2 identifier: Original name: linux###
title Linux
root (hd0,1)
kernel /boot/vmlinuz-2.6.24.1-88.1-default root=/dev/hda2 vga=0x317 resume=/dev/hda1 splash=silent showopts
initrd /boot/initrd-2.6.24.1-88.1-default

###Don't change this comment - YaST2 identifier: Original name: floppy###
title Disquete
rootnoverify (hd0,0)
chainloader (fd0)+1

###Don't change this comment - YaST2 identifier: Original name: failsafe###
title Failsafe
root (hd0,1)
kernel /boot/vmlinuz-2.6.24.1-88.1-default root=/dev/hda2 vga=normal showopts ide=nodma apm=off acpi=off noresume nosmp noapic maxcpus=0 edd=off 3
initrd /boot/initrd-2.6.24.1-88.1-default

4 - Na linha abaixo que está em negrito, iremos efetuar a alteração necessária para corrigir o problema:

###Don't change this comment - YaST2 identifier: Original name: linux###
title Linux
root (hd0,1)
kernel /boot/vmlinuz-2.6.24.1-88.1-default root=/dev/hda2 vga=0x317 resume=/dev/hda1 splash=silent showopts
initrd /boot/initrd-2.6.24.1-88.1-default

5 - Insira a seguinte expressão na linha em negrito:
apm=off acpi=force mce=off barrier=off ide=nodma idewait=50 i8042.nomux psmouse.proto=bare irqpoll pci=nommconf

  • A linha completa ficará assim:
kernel /boot/vmlinuz-2.6.24.1-88.1-default root=/dev/hda2 vga=0x317 apm=off acpi=force mce=off barrier=off ide=nodma idewait=50 i8042.nomux psmouse.proto=bare irqpoll pci=nommconf resume=/dev/hda1 splash=silent showopts

6 - Saia do "vi" salvando o 'menu.lst' => "ESC" + "ZZ" e reinicie o computador para que as alterações possam ter efeito.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Resolvendo problemas de PEN-DRIVE e CD-ROM no Suse

1 - Pressione "Alt" + "F2"

2 - Digite kdesu kcontrol + senha do root

3 - Clique em "Internet & Rede" => "Compartilhamento de Arquivos"

4 - Habilite a opção "Enable Local Network File Sharing" => habilite também a opção "Compartilhamento Avançado"

5 - Clique em Usuários Permitidos, e marque a opção "Permitir a todos usuários compartilhar pastas"

6 - Em pastas compartilhadas, clique em "Adicionar"
Selecione a pasta "Media" => clique em "OK"
Marque as opções:
* Compartilhar com NFS (Linux/unix) => selecione "Público" e "Escrita"
* Compartilhar com Samba(Microsoft(R) Windows(R)) => selecione "Público" e "Escrita"
Clique em "OK"

7 - Clique em "Aplicar" para que as alterações tenham efeito.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Instalando/Removendo programas no SUSE através do "smart"

1 - Acesse o konsole

2 - Atualizando o "smart":
smart update <enter>

3 - Removendo um programa com o "smart":
smart remove nomedoprograma <enter>
Confirma mudanças? (S/n): => se sim, digite "S". Se não, digite "N".

4 - Para saber se um programa esta disponível para instalação, digite:
smart search nomedoprograma <enter>

5 - Instalando um programa com o "smart":
smart install nomedoprograma <enter>
Confirma mudanças? (S/n): => se sim, digite "S". Se não, digite "N".

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Alterando a fonte do Emulador da Prodemge

1 - Localize o ícone de acesso à PRODEMGE no Desktop (x3270 ou PRODEMGE)

2 - Clique com o lado direito do mouse em cima do ícone

3 - Clique em "Propriedades" e logo em seguida, clique na aba "Aplicativos"

4 - No campo "Comando", delete o texto e insira o texto abaixo:

/usr/bin/x3270 -model 3279-3 -efont -etl-fixed-bold-r-normal--24-240-72-72-c-120-iso8859-1 ibm.prodemge.gov.br

5 - Clique em "OK" para completar a alteração da fonte.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Configurando o ALSA (som) no SUSE

1 - Acesse o konsole

2 - Logue como root => su + senha do root <enter>

3 - Digite "alsaconf" <enter>

4 - Clique em "Aceitar" para que o ALSA seja reconfigurado.

5 - Na tela "Soundcard Selection", aparecerá o drive da placa de som. Dê <enter> em "Aceitar"

6 - Clique em "Sim" para reconfigurá-lo.

7 - Clique em "Aceitar" e novamente em "Sim"

8 - Execute o comando "alsamixer" para ajustar os volumes dos canais (Ex: CD, speaker, etc...)

OBS: Onde estiver marcado a letra "MM", é porque o canal está mudo. Se vc selecionar o canal e apertar a letra "M", deixará mudo o canal selecionado. Ao selecionar um canal com "MM" e digitar a letra "M", tirará o canal do mute. Para colocar volume, selecione o canal e aperte a tecla "seta para cima".

9 - Para sair, tecle "Esc" duas vezes.

Colocando uma máquina em um Domínio/Workgroup com o YAST

1 - Acesse o YAST

2 - Clique em "Serviços de Rede" => "Participação no Domínio do Windows"

3 - Procure a aba "Membro", no campo "Domínio ou Workgroup", insira o nome de domínio ou grupo de trabalho

4 - Se inserir um domínio, marque a opção "Também Use informação SMB para autenticação Linux" e também a opção "Criar diretório pessoal no login" para que, ao autenticar, o perfil do usuário seja criado (/home/usuario)

OBS: Se for inserir uma máquina no domínio, ao marcar as opções acima citadas e clicar em "Encerrar", aparecerá uma tela perguntando se vc quer realmente inserir o computador no domínio - para que isso concretize, vc deverá autorizar este procedimento com um usuário administrador do domínio.

5 - Se inserir um grupo de trabalho, deixe desmarcadas as opções acima citadas (Também Use Informação SMB para Autenticação Linux - Criar diretório pessoal no login)

6 - Na aba "Compartilhamento por Usuários", marque as duas opções:
- Permitir aos Usuários Compartilhar seus Diretórios.
- Permitir Acesso de Convidado.

7 - Clique em "Encerrar" para completar o procedimento e reinicie o computador para que as alterações façam efeito.

OBS: Se não quiser iniciar o computador, basta restartar o samba ("service smb restart")

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Montando um compartilhamento com CIFS (Common Internet File System)

1 - Acesse o konsole

2 - Logue como root => su <enter> + senha do root <enter>

3 - Os parâmetros de montagem de um compartilhamento usando o "mount" são:
"mount" + "parâmetros" + "o que vai ser compartilhado" + "onde será montado o compartilhamento"

Ex:
mount -t cifs -o username=rodrigo,password=123456 //Servidor_Web/publico /home/publico

Neste exemplo, estamos acessando um compartilhamento //Servidor_Web/publico em nossa máquina local (/home/publico) com uma conta de usuário (username=rodrigo e senha=123456) que tem permissão de acesso à pasta //Servidor_Web/publico

  • Para trabalhar permissões no CIFS, vou falar de três parâmetros que poderão ajudar:
noperm => seta as permissões do compartilhamento e trabalha com as permissões do dir_mode e file_mode.
dir_mode => trabalha com um tipo de permissão para diretórios (Ex: 0664).
file_mode => trabalha com um tipo de permissão para arquivos (Ex: 0775).

  • Exemplo de montagem de um compartilhamento trabalhando permissões:
mount -t cifs -o username=rodrigo,password=123456,noperm,dir_mode=0775,
file_mode=0664 //Servidor_Web/publico /home/publico

OBS: Existe um manual de instruções para o comando mount.cifs:
=> No konsole, digite "man mount.cifs"

Dando permissões para cancelar trabalhos no CUPS

1 - Acesse o konsole

2 - Logue como "root" => su + senha do root <enter>

3 - Acesse o arquivo "cupsd.conf" (arquivo de configuração do CUPS)
=> cd /etc/cups/ <enter>
=> vi cupsd.conf <enter>

4 - Procure a linha abaixo:

# Only the owner or an administrator can cancel or authenticate a job...

Require user @OWNER @SYSTEM
Order deny,allow


5 - Insira o grupo (Ex: @users) ou usuário do sistema (Ex: usuario) que você quer dar permissão para cancelar trabalhos/impressão na linha abaixo especificada:

Ex: Require user @OWNER @SYSTEM @users

6 - Saia do arquivo cupsd.conf salvando as alterações => "ESC" + "ZZ"

7 - Reinicie o serviço CUPS para que as alterações tenham efeito => "service cups restart"

Pronto!!! O usuário ou grupo que você cadastrou terá permissões para deletar e/ou cancelar impressões!

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Inserindo ou Alterando o DNS através do YAST

1 - Acesse o YAST

2 - Clique em "Serviços de Rede" e selecione a opção "DNS e Nome de Host"

3 - No campo "Servidor de Nome 1", insira/altere o DNS Primário (Ex: 200.200.10.1)

4 - No campo "Servidor de Nome 2", insira/altere o DNS Secundário (Ex: 200.200.10.2)

5 - No campo "Pesquisa de Domínio", insira o nome de domínio para pesquisa
(Ex: linux.com.br)

6 - Clique em "Encerrar" para concluir as configurações realizadas

Compartilhando uma Impressora no Samba através do YAST

1 - Acesse o YAST

2 - Clique em "Serviços de Rede" => "Servidor do Samba"

3 - Na aba "Compartilhamentos", clique em Adicionar => em "Tipo de Compartilhamento", selecione a opção "Impressora" => no campo "Nome do Compartilhamento", insira o nome da impressora (Ex: HP890C) => no campo "Descrição da Impressora", insira o mesmo nome da impressora e clique em "OK"

Pronto!!! A impressora está compartilhada no SAMBA!!!!

OBS: Depois de efetuado este procedimento, eu ainda realiazo algumas alterações no compartilhamento criado:

4 - Seleciono o compartilhamento criado (Ex: HP890C) na aba "Compartilhamentos" e mando adicionar algumas opções do SAMBA:

read only = No
public = Yes (irá habilitar a linha "guest ok = Yes")
browseable = Yes

Agora sim!!!
Vc poderá acessar uma máquina com Windows ou Linux e efetuar uma procura pelo nome do computador onde a impressora está instalada que aparecerá o compartilhamento criado!!!

Recuperando a senha do root

1 - Teremos que editar as opções de inicialização do sistema (opções de boot)

2 - Em "Opções de Arranque", digite: linux init=/bin/bash
dê um <enter> para processar a opção

3 - digite passwd root

4 - Entre com a senha do root e redigite-a novamente
Senha alterada!!!

OBS: O teste efetuado foi bem sucedido na distro SUSE.

Ativando uma Interface de Rede (eth0)

1 - Vá para o konsole e logado como root, digite: ifconfig

2 - Se aparecer somente a "lo", com certeza a sua interface de rede não subiu.

3 - Para subir a interface de rede, digite: ifconfig eth0 up

4 - Se você executar o comando ifconfig novamente, verá que além da lo, aparecerá agora a interface eth0 (só que sem IP atribuído).

5 - Precisaremos atribuir um IP e uma rota a essa interface de rede.
Ex: ifconfig eth0 10.10.0.100 netmask 255.255.255.0 <enter>

6 - Configurando um Gateway para essa interface.
Ex: route add default gw 10.10.0.1 <enter>

OBS: O procedimento acima citado foi para subir uma interface de rede "eth0", podendo também ser efetuado com a interface eth1, eth2, etc.... Para isso, onde estiver escrito "eth0", troque para a interface que desejar (eth1, eth2, etc...)

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Migrando e-mails do Outlook (Windows) para o Thunderbird (Linux)

1 - Instale o Thunderbird para windows no computador Windows
Link para download: http://br.mozdev.org/thunderbird/download.html?win

2 - Após instalar o Thunderbird no Windows, será criado uma estrutura de arquivos (que o Linux reconhece) na pasta do usuário que está logado (Ex: c:\Documents and Settings\Usuario\Dados de Aplicativos\Thunderbird)

3 - Copie toda a estrutura de arquivos criada pelo Thunderbird no computador Windows.
O que nos interessa é a pasta "Mail" que está dentro desta estrutura criada pois, é nela que estão os e-mails da Caixa de Entrada, Caixa de Saída, Enviados)

4 - Execute o Thunderbird no computador Linux para que seja criada a estrutura de diretórios do Thunderbird. Será criado a estrutura em /home/usuario/.thunderbird

5 - Configure a conta de e-mail que vc quer migrar do Outlook para o Thunderbird.

6 - Copie a pasta "Mail" da estrutura de diretórios criada pelo Thunderbird na máquina Windows para o diretório onde o Thunderbird está instalado (Ex: /home/usuario/.thunderbird/xxxxxx.default/Mail)

7 - Execute o Thunderbird no Linux e seus e-mails estarão disponíveis.

OBS: Para que vc possa mover os e-mails de uma pasta para outra, será necessário dar permissão ("chmod").